Archive for agosto \31\UTC 2007

Blog pro Dia do Blog

31/08/2007

31 de outubro Dia do Blog! – 3a Edição

Como tudo tem o seu dia, não poderia deixar de ter o Dia do Blog.

O BlogDay foi criado para os blogueiros nesse dia se dedicarem ao conhecimento de novos blogs, de outros países ou de outras áreas de interesse. O site não explica o real motivo da data. A versão do Sr. Hype é a mais aceitável: “Um belo dia algum desocupado estava observando a data 31/08 e descobriu que o número 3108 lembra a palavra blog (em leet). Pronto, estava criado o Dia do Blog, ou BlogDay para os íntimos.”

Bem, aqui faço a minha parte indicando, de acordo com a corrente, meus 5 blog

 

pedrox1.jpg

O Blog do Pedrox é criação de um grande amigo meu , Pedro H. P. Loureiro, de Belém do Pará, terra em que morei 11 anos de minha vida. O blog que já teve repercusão até em um curta metragem nacional, hoje é uma das minhas leituras de blogs favoritas.

red_merda.jpg

O Blog das Redatoras de Merda, que de merda não tem nada, é uma opção pra quem gosta de contos, histórias e coisas bem escritas. Com ilustrações do Galvão e de outros famosos cartonistas o blog é uma excelete dica.

pubcafe1.jpg

O Pubcafé é de criação do Robson Vincentin, professor e diretor de arte, uma compilação do que rola na propaganda pelo mundo e assuntos variados referentes a propaganda, um dos meus assuntos favoritos.

tavinho-costa.gif

O Blog do Tavinho Costa, grande amigo e designer, dicas de tecnologia, notas cults e um pouco da sua nova vida em Sampa são os temas mais freqüentes que rolam nesse blog. Quando eu quero alguma coisa nova, normalmente o cara tem.

comgurus.jpg

O blog dos Comgurus reúnem uma turma fera de com grande experiência na área da propaganda. Com assuntos da comunicação em geral, os caras não poupam críticas quando acham algo errado e também mandam no elogio quando acham que a coisa merece. Vale à pena dar uma olhada.

É isso aí! Aproveitem e feliz Dia do Blog!

Blog pra mostrar campanha

30/08/2007

O poder das armas

Recebi do Gustavo Ávila (que trabalha comigo aqui na agência) por e-mail essa propaganda fantástica sobre desarmamento.

“A AMV BBDO criou esta campanha para a Choice FM para pedir a paz nas ruas de forma inusitada, mostrando os efeitos de uma bala para no final fechar com o texto pedindo: “Pare as balas, mate as armas”.
O comercial foi criado devido ao crescimento significativo de crimes com armas de fogo no Reino Unido, especialmente em Nothing Hill Carnival.”

Um comercial que vale à pena conferir.

Blog pra tirinhas publicitárias

28/08/2007

Conhece o Mário?

Não aguentei, e como falamos no meio publicitário, eu “chupei e colei” uma tirinha de um dos maiores sites de comunicação que conheço aqui no Brasil, o Brainstorm9, se você quer ficar ligado no que rola de principal e paralelo no mundo da publicidade o site é esse.

Vira e mexe além de notícias sempre rola uma do Mário o publicitário, e essa na minha opinião foi uma das melhores.

Criação do Rodrigo Franco, diretor de arte que não descobri de qual agência é, mas o portifólio dele é muito bom.

Segue abaixo

fageeaabe.jpg

E viva a propaganda!

Blog pra falar de novas profissões.

23/08/2007

Aluga-se amigos

Fiquei um tanto perplexo quando descobri esse tipo de serviço existia.

Notícia do site IG

O personal friend é um serviço idealizado para pessoas tímidas ou que tenham dificuldades em fazer amizades. Basta um telefonema para por fim aos momentos de angústia e solidão, pois o amigo de aluguel vai ao seu encontro, a qualquer hora e em qualquer lugar, para conversar sobre qualquer assunto, mesmo aqueles que não se conversa com ninguém. O encontro pode durar de cinqüenta minutos a duas horas, e os preços variam de oitenta a trezentos reais. Cabe lembrar que as despesas do passeio, tais como alimentação e transporte, ficam a cargo do contratante.
….

Pesquisei sobre o assunto e achei o dono da idéia. Trata-se do empresário carioca Silvério Veloso, de 42 anos. Negócio explicado pelas próprias palavras do cara em entrevista a Exame “É como se eles estivessem comprando mesmo um amigo. A gente conversa sobre tudo. A pessoa fala o que quiser, é um amigo de confiança que ela tem ali, mas é tudo profissional”.

Imagino o tamanho da solidão de quem contrata esses serviços, ou o tamanho do problema de relacionamento que uma pessoas tem pra chegar ao ponto de contratar alguém par ser “amigo”.

Amigos, amigos. Negócios à parte. Ponto pro empreendedor que está ganhando uma grana muito boa com isso.

Blog pra falar de experiências

22/08/2007

 

 

tnk-tarared2.jpg

OM TARE TAM SOHA
Retrato de minha experiência pessoal com o Budismo Tibetano

Vários dos termos citados aqui podem estar errados pois tratam de explicações pessoais sobre o momento e meu 1º contato com o Budismo acontecido no último final de semana.

Cheguei a casa e a porta principal estava fechada, tinha ido uma hora antes do Tara Vermelha, nome da reunião que iria acontecer. Fui recepcionado por uma senhora que me falou a hora certa do evento, voltei pro carro e fiquei lá por 45 minutos escutando a Transamérica Pop, rádio q eu nem sabia que em certas regiões da ilha pegava e fiquei lá esperando pra voltar ao local.

Já estava escuro quando retornei. O caminho era escuro, a estrada de chão batido e os bambus que com o vento fraco fechavam com um formato em “v” a abertura no céu em lua nova, receio e vontade de conhecer o local se misturavam. Ao chegar, fui recepcionado na porta por um gato siamês que me olhava e miava querendo entrar. Alguns cânticos estavam sendo entoados, pensei que tinham me avisado a hora errada, mas descobri que era uma espécie de ritual de purificação do ambiente. Poucos minutos depois um grupo de pessoas chegou, dois homens e uma mulher, do grupo de cinco pessoas que chegaram tinham os cabelos raspados e um tom de voz calmo e macio, todos me cumprimentaram. Fiquei observando, e elas não entraram até acabar os cânticos. Cheguei perto de uma mulher de cabelos longos castanhos, trajes com estilo indiano, voz suave, trazia em sua mão esquerda uma espécie de colar branco. Falei que era minha 1ª vez, ela abriu um enorme sorriso e me disse “que ótimo, seja bem vindo”, isso me deixou feliz e a sensação de bem estar que já estava nascendo aumentou ainda mais.

Tiramos nossos sapatos e entramos. Após os cânticos a moça que me falou comigo antes de entrarmos disse para eu sentar em qualquer lugar e que ficasse à vontade, peguei uma almofada assim como os outros fizeram e me sentei em um canto. Recebi um caderno de cânticos, me perdi algumas vezes por estar em outro idioma, mas a senhora que me deu boas vindas sentou ao meu lado e ficava me ajudando quando eu precisava. Nesse caderno havia também a tradução e um guia de diversas orações direcionadas a diversos assuntos.

Muitas orações, cânticos e mantras. Saí de lá bem leve e curioso com algumas peculiaridades que achei lá. Vou pesquisar sobre a experiência e pretendo retornar lá em breve.

Tara Vermelha
Tara é o aspecto feminino do Buda, ela tomou o voto de trabalhar pelo bem-estar dos seres sencientes por incomensuráveis eras.
Para aqueles que têm fé em Tara e rezam a ela, seu auxílio é agora tão rápido e direto quanto sempre foi. Há muitas histórias de milagres ligados às suas atividades, mas você não precisa acreditar em milagres para entender que através da oração e da meditação é possível dissolver os conceitos da mente dualista.

Da mesma forma que você usa um espelho, a meditação de Tara é um meio para ver a verdadeira face de sua mente, livre de qualquer vestígio de ilusão
“Comentários sobre Tara Vermelha” por Chagdud Khadro

Blog pra humor negro

16/08/2007

Humor Suicida

Já faz um tempo que tenho visto algumas tiras em alguns blogs, e acredito que a maioria já tenha se deparado com esses coelhos que inventam várias formas para dar um fim as suas vidas.

A cada dia que passa mais eu procuro essas tiras e mais dou risada. A autoria dessas figuras é de Andy Riley, britânico que em 2003 publicou o livro “The Book of Bunny Suicides”, com o sucesso do primeiro livro o autor publica em 2004 o “Return of the Bunny Suicides”.

Aqui segue algumas tiras desse “cartoon” nem um pouco ambientalista mas muito engraçado.

coelho_suicida01.jpg

coelho_suicida02.jpg

coelho_suicida06.jpg

coelho_suicida05.gif

Se alguém achar mais tiras, ou onde comprar esses livros aqui no Brasil podem me avisar.

Blog pra falar de guerrilha urbana

14/08/2007

logobody.jpg

Contando os mortos e feridos.

Parece mentira, mas pra quem ainda não conhece há um site na internet que faz a contagem de mortos e feridos na cidade do Rio de Janeiro. Este grupo foi inspirado no site www.iraqbodycount.org , uma organização civil que se destina a contar o número de vítimas de violência da guerra no Iraque.

O grupo que procura abrir discussão sobre os altos índices de violência no Rio de Janeiro não rececbe doações em dinheiro e nem se caracteriza como uma ONG.

Com as palavras do próprio site:

Queremos a paz da inclusão social e pleiteamos amplas reformas sociais e investimentos de grande porte para levar serviço público de qualidade aos bolsões de miséria do Rio de Janeiro. Queremos direito ao trabalho, saúde e estudo, previstos na Constituição Federal.”

Vale à pena conferir o site. www.riobodycount.com.br ou clique na imagem do topo.

 

Blog pra mostrar um exemplo de vida

12/08/2007

Eu não ia postar nada hoje até ter recebido um e-mail de uma lista que participo. A história de um garoto de apenas 16 anos que me fez correr atrás de informações sobre ele.

O garoto se chama Aaron Fothringam, ele leva uma vida comum com amigos, família, gosta de andar em pistas de skates e fazer manobras arriscadas e perigosas, também curte a modalidade street onde corta corrimãos e salta escadarias inteiras com seus pulos sobre rodas. Isso seria bem natural se ele não fizesse tudo sob cadeira de rodas.

O adolescente que começou a brincadeira por incentivo do irmão descendo minirampas hoje faz manobras impressionantes e conta com patrocinadores de alto nível nos EUA, além de fazer exibições em competições profissionais de skate em todo o país.

O vídeo abaixo mostra um pouco das manobras de Aaron Fothringam e também deixa uma lição de vida que nossa limitações estão na nossa mente.

Blog pra ver dados da web

10/08/2007

Mulheres são do Yahoo, Homens são do Google.

Tem um site que eu sou muito fã e todos os dias acesso pelo menos uma vez. Pra quem gosta de notícias sobre o mercado da propaganda e suas empresas o BlueBus é um prato cheio. E foi nele que achei um pesquisa muito interessante sobre as preferências de homens e mulheres e os sites de busca.

“A Jupiter Research pesquisou junto a usuários de internet sobre suas marcas online favoritas. O resultado coloca o Google em 1o e o Yahoo em 2o. Segmentando por idade e sexo, o estudo indica que os que tem mais de 55 preferem o Google ao Yahoo. Os homens gostam mais do Google, mas as mulheres têm preferência pelo Yahoo. O MySpace (em 5o no ranking geral) sobe para perto do Google e do Yahoo nas escolhas dos jovens adultos.(…)”

A notícia completa você confere no site do BlueBus.

Pessoalmente não fujo aos dados das pesquisas em relação ao uso do Google, mas nunca usei o MySapce .

Em breve como um bom “jovem adulto”, pretendo fazer parte dos dados estatísticos desta pesquisa e me cadastrar no MySpace.

Blog pra falar dos gringos

06/08/2007

American Idiot

A gente pode achar que brasileiro é burro, ignorante, ou que falta instrução pra muita gente nesse país. Mas o que me deixa chateado é o fato de que muita gente acha que o povo lá de fora, ou melhor, o pessoal do dito “primeiro mundo” seja naturalmente mais culto ou mesmo inteligente devido serem mais ricos que nós e por isso serem mais aculturados.

Pois bem, creio que o vídeo abaixo mostra que a ignorância não tem fronteiras e nem tamanho. Ele mostra uma série de americanos respondendo perguntas de conhecimentos gerais que envolvem diversas questões políticas e geográficas (dessas que a gente vê nos noticiários). Alguns americanos não souberam responder a pergunta: “Diga um nome de país que comece com a letra ‘U‘ …” (United States of America ajuda?). O resultado é rir pra não chorar.

“Don’t wanna be an American idiot.
Don’t want a nation under the new media.
And can you hear the sound of hysteria?
The subliminal mind-fuck America.”
(Green Day)

Blog pra falar do meu trabalho

03/08/2007

INCA, dois anos de vida.

É muito difícil eu falar diretamente de mim no meu blog, até por que a proposta não é essa. Mas vale colocar aqui uma equipe que acompanho há mais de um ano e tem me ajudado a crescer bastante profisisonalmente. Vale à pena acordar todos os dias úteis pra encontrar com esse pessoal profissional que mais parece uma família, que briga junto, ri junto, almoça junto, discute idéias, defende prazos, faz hora extra e todo dia cria uma coisa diferente.

Publicidade não é um mar de rosas, mas pode ser um oceano de possibilidades.

Não vou citar nomes, só falar que o cabeludo de moleton ali na frente sou eu.