Archive for outubro \29\UTC 2007

Blog pra mostrar revista

29/10/2007


imagem.jpg

Uma revista de M…

Ela tá rolando ainda só em Sampa, mas o site tem matérias muito boas. A revista M... conta com a  participação de Gabriel “O Pensador” e outras figuras no editorial. A roupagem da revista tem um ar “cult” e fora do lugar comum e das mesmisses que norteiam as mídias atuais.

Eles ainda tem um blog com muitas “verborragias de merda”, um humor marrom muito bom de se ler. Além de contar com um “Manifesto de Merda” que vou olhar com mais carinho.

Minha máquina tá muito ruim pra postar imagens, vídeos ou flashes, vou ficar devendo mais dinamismo até voltar pra floripa ou arranjar uma máquina melhor.

Enquanto isso confiram a revista aqui.

Blog pra atualizar

25/10/2007

Buscando a rotina de volta.

Depois desse post eu paro de falar da minha vida e volto a rotina blogueira.

Pra quem não sabe, saí de floripa e agora estou em porto alegre trabalhando como freelancer para a maior agência de propaganda em endomarketing do país a Happy House Brasil.

Muitas experiências novas e pouco tempo pra postar algo que realmente interessa quem acompanha essas linhas.

Juro que volto ao ritmo de a cada dois dias ter um post.

Ah! Ia me esquecendo. Agradeço a Rachel e o Alló que fizeram críticas pessoais à opniões minhas sobre o “Caçador de Pipas”. É um best Seller, é. Tem coisa brazuca melhor? Tem, e como. Tenho amigos escritores que logo vou indicar aqui também.

Leitura é um prato cheio que quando a gente consome sempre fica querendo mais.

É isso!

Blog pra falar de mudanças

13/10/2007

Aqui dificilmente falo de mim.

Minha vida está tomando novos rumos.

Esse blog pode ficar uns dias sem atulazação.

Mas explico em breve.

Abraços
Hiram

Blog pra falar de banda

09/10/2007

pearl.jpg

Novo DVD do Pearl Jam

Faz um tempo já que saiu, na verdade o lançamento mundial foi no dia 25 de setembro. O DVD ao vivo da banda Pearl Jam, que já foi censurada por criticar Bush ao vivo em um show transmitido pela web (confira aqui), contém imagens de cinco shows da banda na Itália. “Immagine in Cornice (Picture in a frame)” foi lançado pela Rhino Records.

Como sempre, Eddie Vedder (vocal) como fez nos shows aqui no Brasil, falou no idioma local (anotado em um papel que foi escrito por ele e ajudado por uma intérprete) levando o público italiano ao delírio. O DVD traz algumas canções tiradas de álbuns do início da história da banda, como “Ten” e “Vs.,” e do álbum “Pearl Jam”.

As cenas do DVD são muito bem produzidas e mostram os locais onde eles tocaram misturando com partes do show, cenas de bastidores e entrevistas.

Curta uma boa parte do show pelo MSN Vídeo.

Site oficial do Pearl Jam.

É isso aí! Dica dada e curtam o show que vale à pena.

Marcadores: Pearl Jam, Immagine in Cornice, DVD, Grunge, show ao vivo.

Blog pra falar de Video Game

07/10/2007

atari-1.jpg

Atari completa 30 anos de vida.

Mais uma pra lembrar os velhos tempos dos nascidos nos anos 70 e 80. O Video Game Atari que já foi o mais vendido no mundo faz o seu 30º aniversário com a sua legião de fãs cativos e sempre saudosistas.

“Roubei” essa notícia da parte de games do Terra. Semana passada ainda, em clima nostálgico, joguei o River Raid em um site de jogos on-line. O nome na verdade não era esse como no original, mas a jogabilidade e os gráficos eram os mesmos. Hoje não sou mais um “player”, nem acompanho mais as novas tecnologias de jogos, mas o Atari sempre vai ter sempre o seu espaço na minha memória.

Separei aqui alguns fatos e curiosidades mais importates da história da empresa, segue abaixo:

1972A companhia é fundada por Nolan Bushnell e Ted Dabney nos Estados Unidos, com o nome de Syzygy, que é trocado em seguida para Atari que lança o jogo de tênis “Pong”. O jogo é ligado à uma televisão e um sistema de pagamento por moedas retirado de uma máquina de lavar. Sua invenção foi um sucesso instantâneo.

1973 Lançada a versão doméstica do jogo Pong.

1980Quatro programadores da empresa, responsáveis por 60% dos jogos, se demitem e fundam a Activision. A Atari entra na justiça contra os ex-empregados por roubo de segredo de empresa, mas perdeu.

1981 – Nasce o criador deste blog (tá, eu sei que essa informação era totalmente descenessária e não tem nada a ver com o Atari).

1982 Lançados os games Pac-man e E.T. para o Atari 2600. Os dois jogos tiveram uma grande mídia, mas pouco venderam, causando um acúmulo nas lojas. A empresa teve que enterrar milhões de cartuchos no meio do deserto, o equivalente a 14 caminhões de produtos.

1986 Atari lança um videogame de terceira geração, o Atari 7800. O aparelho não surtiu as vendas esperadas.

1993Para competir com o Super Nintendo e o Mega Drive/Genesis, a Atari lança o Jaguar. Considerado o primeiro videogame de 64 bits, era tão potente quanto o Sony PlayStation e Sega Saturn. Mas mais uma vez um produto da empresa foi um fracasso comercia.

2001A Infogrames compra a Atari e anuncia que vai reinventar a marca, lançando três novos jogo.

2007 Hoje a empresa trabalha, com sucesso, em jogos de PC e consoles. A série de jogos Dragon Ball Z é uma das de mais sucesso dos últimos tempos, da empresa. O game Farenheit, lançado como Indigo Prophecy no Brasil em 2005, foi considerado um jogo de sucesso pela crítica. Os jogos da série de filmes Matrix também faz parte do acervo da empresa.

Para conferir a notícia completa com todos os dados clique aqui.

Para conhecer a comunidade oficial do Atari no Brasil clique aqui.

Jogos On-line do Atari 

Site oficial Atari.com 

Bons tempos em que se quebrava o joystick jogando Decatlon.

Marcadores: Atari, Jogos on-line, anos 80.

Blog pra relembrar os super-heróis

03/10/2007

jaspion-e-daileon.jpg

Gigante Guerreiro Daileon!

Pra quem viveu sua infância nos anos 80 sabe extamente o que significa essa frase. No auge da batalha contra o mau, Jaspion reunia suas forças e evocava, para a minha total empolgação e de todas as crianças que assistiam ao seriado japonês, o GIGANTE GUERREIRO DAILEON!

Resolvi escrever esse post depois que recebi um show ao vivo do Akira Kushida, o cantor que interpreta as musicas do seriado. Ele fez alguns shows pelo Brasil que ficaram registrados em alguns vídeos.

Esse aqui em especial, além da galera empolgada gritando o refrão, ainda tem uma cena impagável que eu jamais pensaria em ver nos seriados, Dailon e seu maior inimigo, Satangoz, dançando a “Dança do Siri“, juro que não acreditei quando vi.

E pra quem quer curtir na íntegra sem se perder na letra, aqui vai ela (original em japonês).

"Daileon"

 

Oo Galaxy Oo Galaxy
Oo kagayaku atsuki yuushi
Koori no wakusei Magma no wakusei
Tobikoete
Jaaku no takurami nigashi wa shinai zo
Engine Full Power
 
Yume to bouken oimotome
Otoko hitori no dapi wo yuku
Daileon Daileon
Chou Wakusei Sentou Hokan Daileon
 
Oo Galaxy Oo Galaxy
Oo heiwa wo tsugeru tsubasa
Hagane no wakusei Garasu no wakusei
Kirinukete
Seigi no chikara wo Shirasete yarun da
Cosmic Flash
 
Ai to yuuki wo mune ni hime
Asu no jiyuu wo mamorinuku
Daileon Daileon
 
Chou Wakusei Sentou Hokan Daileon
Yume to bouken oimotome
Otoko hitori no dapi wo yuku
Daileon Daileon

Para conferir as cifras e tocar a música clique aqui.

Contribuições para este post da Fram e do Patrik (com site em construção).

OBS: Para as mentes poluídas que sabem da versão “traduzida” dessa música resolvi não colocar ela para não avacalhar com o post (fica para uma próxima).

Marcadores: Jaspion, Daileon, Anos 80, infância.

Blog pra falar de arte

01/10/2007

A Arte da Guerra

Lendo o título, a primeira idéia que me vem à cabeça é o livro de Sun Tsu, contudo, aqui estamos falando do título de exposição de pinturas em Pop Art do artista britânico Gerald Laing que retrata a Guerra do Iraque em períodos como a invasão de Bagdá, em 2003 e as denúncias de tortura na prisão de Abu Ghraib em 2004.

As obras relembram bem os absurdos que vimos na tv e as imagens divulgadas pela internet de violência e totura praticadas pelas forças aliadas ou as tropas de coalizão como queiram chamar.

Laing, que é ex-fusileiro e lutou na guerra do Vietnã, fala de suas obras em matéria da BBC:
É claro que a arte não pode mudar a política, mas pode agir como um lembrete eterno de ações infames. Quem se lembraria de Guernica se não fosse por Picasso?“, e ainda acrescenta, “Eu espero que essas pinturas sobre o Iraque sejam um memorial permanente das recentes atrocidades. Se não registrarmos esses eventos, corremos o risco de repeti-los indefinidamente”.

Algumas telas dá pra conferir aqui.

americangothicsm.jpg

colgatesm.jpg

look-mickeythm.jpg

 

O trabalho do cara é muito bom. Pra ver o trabalho completo com o nome original de The Iraq War Paintings e as obras com mais detalhes clique aqui.

Vale muito conferir.