Blog pra falar de filmes Independentes

Luz, câmera, YouTube!

O YouTube anunciou já algumas semanas a sua “Screening Room”, uma nova área dedicada à exibição de filmes independentes.

Segundo o site Ars Technica, a área colocará à disposição do visitante quatro filmes independentes por semana. Os filmes não precisarão estar limitados aos dez minutos impostos pelo serviço para usuários “normais”. Os filmes podem ocupar até 1 GB cada.

Serão exibidos filmes de diversas partes do mundo, contando com cineastas noruegueses, suecos, canadenses, ingleses e americanos, com novos e conhecidos atores. Até o final do ano já estão previstos trabalhos alemães, austríacos, franceses, quenianos, australianos e irlandeses.

Daniel Dubiecki, produtor de Juno e do filme The Big Empty, afirmou que a iniciativa é interessante por permitir não apenas que qualquer um assista aos filmes, mas também que possa se manifestar a respeito do que acharam.

Os produtores dos filmes independentes também poderão utilizar o canal como uma forma de ganhar dinheiro. Além de dividir uma parcela do dinheiro arrecado com anúncios, o YouTube permitirá que os filmes sejam vendidos através de um link na descrição, que levará para a página oficial do título.

Segundo o site NeoSeeker o envio de qualquer material é bem vindo, mediante contato com o email ytscreeningroom@youtube.com. A Google, proprietária do YouTube, está também trabalhando com parceiros como o Sundance Channel para auxiliar na escolha.

Interessados podem assistir aos filmes independentes em youtube.com/ytscreeningroom.

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: